17 de setembro de 2018

Justiça notifica partido de Bolsonaro e ameaça suspender carreatas em João Pessoa

Juiz da Propaganda aponta desrespeito à legislação eleitoral e leis de trânsito em evento realizado no domingo (16).

JOSUSMAR BARBOSA

Juiz Marcos Sales notifica partido sobre irregularidades em carreata em João Pessoa

O juiz da 76ª Zona Eleitoral e da Propaganda de rua, Marcos Coelho de Salles, decidiu nesta segunda-feira (17) que se na próxima carreata houver desrespeito à legislação eleitoral e às leis de trânsito esse tipo de evento será suspenso em João Pessoa.

Fiscais da Justiça Eleitoral constataram transporte irregular de passageiros, desrespeito às faixas e sinalização, bem como uso de vários trios elétricos na carreata realizada, no domingo (16), em prol do candidato à Presidência da República, Jair Bolsonaro (PSL).

O chefe do cartório da 76ª Zona, Sérgio Carlos Grisi, revelou que o juiz Marcos Sales decidiu notificar a direção do PSL sobre as irregularidades na carreata.

O Jornal da Paraíba entrou em contrato com o presidente estadual do PSL, coronel Francisco Assis Lima, sobre a “I Manifestação com Carreata Livre Pró Bolsonaro”, na capital do Estado e decisão judicial. “Essa carreata não foi realizada nem solicitada pelo PSL. Eu até agora não recebi nenhuma notificação da Justiça Eleitoral”, ressaltou coronel Francisco.