28 de outubro de 2018

‘Missão não se discute, se cumpre’, diz Bolsonaro em seu primeiro pronunciamento

“Missão não se discute, se cumpre”. Foi com esta declaração que o presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL) encerrou seu primeiro pronunciamento logo após o anúncio do resultado das urnas no segundo turno das Eleições 2018, neste domingo (28). Em uma transmissão ao vivo curta, Bolsonaro garantiu que vai cumprir todos os compromissos assumidos durante a campanha

Bolsonaro agradeceu aos eleitores e destacou que alcançou este resultado porque “o povo entendeu perfeitamente” que ele era alguém “sem fundo partidário, com grande parte da mídia o tempo todo criticando”, mas que merecia confiança. “O que mais quero é, ao lado da Constituição Brasileira, inspirado em grandes líderes mundiais, começar a fazer um governo que possa realmente colocar o povo do Brasil no lugar de destaque que merece”, prometeu.

Segundo Bolsonaro, seus eleitores são pessoas que passaram a acreditar na sua proposta porque sabiam “para onde o Brasil estava marchando e clamava por mudanças, não poderiamos mais continuar flertando com o socialismo, com o comunismo e com o extremismo da esquerda”.

Repercussão nas redes sociais

Logo após o anúncio do resultado das urnas, o atual presidente, Michel Temer (MDB), declarou que “terminada a eleição, é hora de todos, unidos, continuarmos a trabalhar pelo Brasil”.

O deputado federal Marco Feliciano destacou a postura de Bolsonaro durante sua declaração, quando o presidente eleito fez uma oração. “Alguns pastores progressistas estão raivosos ou é só impressão minha?”, questionou.

Haddad se pronuncia

“Não vamos deixar esse país para trás”, prometeu o candidato à presidência da República derrotado, Fernando Haddad (PT) em seu pronunciamento após o anúncio do resultado das urnas. Ele disse que vai, junto com o partido, continuar conversando com as pessoas, se reconectando com as bases, vai retomar a vida profissional, mas sem deixar de exercer a cidadania. “Seguimos para levar nossa mensagem aos rincões do Brasil, a todos os brasileiros. A soberania nacional e a democracia é um valor que está acima de todos nós”, declarou.