20 de setembro de 2018

TRE-PB faz geração de mídia para carga e lacre de 12 mil urnas eletrônicas

Paraíba conta com 1.792 locais de votação e 10.472 seções eleitorais nos 223 municípios.

JOSUSMAR BARBOSA

 

O Tribunal Regional da Eleitoral da Paraíba (TRE-PB) conclui, nesta sexta-feira (21), a geração de Mídias das Eleições 2018 com emprego de cartões de memória para carga e votação, além das memórias de resultado, para gravação dos arquivos da urna. Vão ser carregadas 12 mil urnas eletrônicas, sendo menos de dois mil para reserva de contingência. Estado possui 1.792 locais de votação e 10.472 seções eleitorais.

Na terça-feira (18), no Salão Nobre do TRE-PB, o juiz Antônio Carneiro de Paiva Júnior, responsável pela Geração de Mídias das Eleições 2018, presidiu a Cerimônia Pública de Oficialização do Sistema GEDAI-UE (Gerenciador de Dados, Aplicativos e Interface com a Urna Eletrônica) e Importação dos Dados.

Na próxima semana, os juízes eleitorais vão presidir as audiências de carga e lacre das urnas eletrônicas que serão utilizadas nas eleições. Na ocasião, serão inseridos os dados dos candidatos e eleitores nas urnas. Após a inserção das informações, o equipamento será lacrado e só será reaberto no dia da votação.

Núcleos

As urnas serão carregadas e lacradas nos cinco Núcleos de Voto Informatizado (NVI), que funcionam em João Pessoa, Campina Grande, Patos, Pombal e Cajazeiras. A Paraíba conta atualmente com 68 Zonas Eleitorais, 1.792 locais de votação, 10.472 seções eleitorais.

“A preparação das urnas consiste em três fases: primeiro elas recebem os dados de candidatos e eleitores de todas as sessões eleitorais; depois o equipamento é testado por servidores e técnicos do TRE e, por fim, as urnas são lacradas. Posteriormente, vão ser instaladas nas seções eleitorais”, explica o juiz Horácio Ferreira de Melo Júnior, da 17ª Zona Eleitoral, em Campina Grande.